Tag

Arquivos peter sagan - Grampér Ciclismo de Estrada

Aconteceu no Ciclismo: Peter Sagan coloca seu nome na história

By Aconteceu no Ciclismo No Comments

Por Mauricio Motta

Uma boa lembrança de 2018 foi a tão difícil e disputada Inferno do Norte, como é conhecida a Páris Roubaix. Foram 257km, sendo divididos em 29 trechos de paralelos, totalizando 55km sobre piso de pedras.

Os três integrantes do pódio poderiam ter vencido a prova, pois sofreram muito para desgarrar do pelotão. Porém, já dentro do velódromo de Roubaix, Peter Sagan mostrou ter mais reserva de força para explosão no sprint final, deixando Silvan Dillier da Ag2r em segundo e, o também favorito, Niki Terpstra da Quick-step em terceiro.

Com a rainha das clássicas no currículo, Sagan mostra que está entrando no roll dos grandes nomes eternos do ciclismo clássico como, Roger De Vlaemink, Sean Kelly, Ton Boonen, Rik Van Looy, Freddy Maertens, Johan Museeuw, Paolo Bettini, Francesco Moser e tantos outros gigantes que construíram história nas estradas da Europa.

Peter Sagan: Como os grandes campeões do passado!

By Aconteceu no Ciclismo No Comments

Uma ótima notícia dada pelo site Ciclismo Pró. O tricampeão mundial e atual campeão da Paris-Roubaix, Peter Sagan, divulgou que correrá toda a primavera, isso inclui as clássicas e clássicas monumentais.

Isso é um fato muito relevante no mundo do ciclismo, pois atualmente vivemos tempos em que os grandes ciclistas se preparam para correr somente provas específicas, diferentemente dos multi campeões do passado que batiam guidão com os rivais por toda a temporada. Fato que levou o maior corredor da história dos paralelos, o belga Roger De Vlaemink, a dizer que não respeitava os campeões Johan Museeuw e Ton Boonen por correrem apenas algumas provas escolhidas.

Nos dias de hoje, quem chegou mais perto dos grandes feitos das lendas do passado foi o belga Fhilippe Gilbert, que venceu a Ronde Van Vlaanderen e a Amstel Gold Race, feito que não acontecia desde 1979 conquistado por ninguém menos que o gigante holandês Jan Raas, vencedor da Amstel 5 vezes.

A Amstel Gold Race foi até chamada pelos fãs, na época, por Amstel Gold Raas em homenagem ao penta campeão Jan Raas.

Voltando aos nossos tempos de muito “mimimi”, temos de admirar a atitude de Peter Sagan e desejar-lhe boa sorte.
O Grampér espera que Peter Sagan consiga trazer o espírito dos grandes multi campeões do passado ao nosso mundo do ciclismo dos tempos atuais.

Fotos: Peter Sagan e o gigante holandês, Jan Raas seguido pelo grande campeão dos paralelos, Roger De Vlaemink.

Por Maurício Motta