UA-123984575-1
was successfully added to your cart.

Saiba a melhor maneira de se preparar para o Grampér

By 10 de janeiro de 2019Notícias

É cada vez maior o crescimento de provas de ciclismo de estrada denominadas como Granfondo no Brasil. Trata-se de grandes festivais que reúnem um número maior a cada ano de ciclistas amadores em busca percursos médios e longos, bastante desafiadores.

E assim é o Grampér, evento que acontece em junho deste ano na região do Circuito das Águas, no sul de Minas Gerais. Os atletas poderão escolher percorrer 88km ou 154km, passando pela Estrada Real, uma das melhores do país, segundo a Revista Quatro Rodas. Tudo isso em um local repleto de serras e uma paisagem sensacional.

O desafio é grande, e para isso, é preciso muita dedicação e treinamento. Não importa se você está iniciando no ciclismo, se pratica o esporte com regularidade ou se é um atleta que já participa de provas e busca alta performance. O preparo para esse tipo de circuito é fundamental.

Para participar de uma prova como o Grampér, são necessários três pilares que precisam do acompanhamento de um profissional especializado.

Planejamento:

  • Avaliação da condição física para que os treinos sejam direcionados dentro do limite de cada um;
  • Montagem de um cronograma de treinos que atendam os objetivos da “prova alvo” e o crescimento do condicionamento do atleta;
  • Treinos que simulem as competições (tanto a prova alvo como as secundárias)
  • Reconhecimento do percurso das provas (o quanto antes para melhor direcionamento dos treinos)
  • Checar hospedagem e alimentação do local;
  • Chegar com antecedência;
  • Separar e checar todo o material que vai utilizar (bike, sapatilha, óculos, roupas, alimentação,…);
  • Pegar a altimetria da prova e sinalizar os postos de hidratação, pontos cruciais da prova (início e término da subida) e saber as zonas de intensidades que pretende trabalhar.

Alimentação:

  • Acompanhamento nutricional é de muita valia, pois tanto os treinos como as provas têm uma duração longa, e saber o que comer e se alimentar certo podem ser fundamentais no resultado do final de um treino ou competição;
  • Testar alguns alimentos deve ser feito sempre nos treinos, pois em provas você já deve estar adaptado.

Constância dos treinos:

  • Os dois primeiros pilares são extremamente importantes, mas não funcionarão se não houver regularidade nos treinos.

Se desafiar e participar de provas de ciclismo de estrada que nos exijam o máximo é muito bom, mas lembre-se sempre de se preparar adequadamente, desde o planejamento, até a alimentação e treinamentos. Assim, cruzar a linha de chegada será ainda mais prazeroso.

 

Sobre o Autor:

Roberto Vitório é formado em Educação Física pela Universidade Castelo Branco em 1997, e possui especializações em Treinamento Desportivo (Universidade Rural do Rio de Janeiro, 1998), Treinamento de Força (UFRRJ, 2001), Reabilitação Cardíaca e Grupo Especiais (Universidade Gama Filho, 2007) e certificação em Treinamento com Medidores de Potência (Lazari, 2008).

Como atleta, conquistou o segundo e terceiro lugar no GFNY, nos anos de 2015 e 2016, respectivamente.

Foi duas vice campeão brasileiro Master de ITT (2015 e 2016), tetra campeão carioca Master de ITT (2013, 2014, 2015 e 2016, campeão carioca de estrada Master (2015) e vice campeão carioca Master de ITT (2017).

Fundou a Assessoria BV Ciclismo em 2011, que fica localizada na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro. Os treinos são às terças, quartas, quintas, sábados e domingos. Durante a semana e aos domingos, têm uma duração de três horas. Já no sábado, os treinamentos duram de quatro a cinco horas.

Contato pelo telefone (21) 995205958 ou email bvciclismo@gmail.com

Deixe uma resposta

1
×
Dúvidas e informações pelo WhatsApp