UA-123984575-1
was successfully added to your cart.

Carrinho

Histórias do Tour the Flandres. Ano 1977.

By 25 de janeiro de 2019Aconteceu no Ciclismo

Queda, torcedor emprestando a bicicleta, fugas e não “Fair play”. Tudo em uma só prova.

Neste dia, 167 competidores alinharam mas somente 26 completaram os 260 km em uma média de 39km/h pedalando em quadros de ferro.

Os dois monstros belgas da foto, o campeão mundial Freddy Maertens e Roger DeVlaeminck, o rei dos pavês protagonizaram uma disputa nem um pouco amigável.

A prova:

Após a fuga solo do Canibal Eddy Merckx, Maertens e De Vlaemink o perseguiam, quando, de repente, Maertens vai ao chão quebrando sua bicicleta.

Um torcedor deu sua própria bicicleta para que o campeão continuasse a disputa.

Maertens, além de machucado, foi alertado pela organização da prova para abandonar a disputa, porém ignorando os avisos, continuou.

Os dois conseguiram alcançar Merckx e, faltando poucos quilômetros, Maertens e Vlaemink deixaram para trás um cansado e esgotado Canibal.

Depois de 259km, pedalando em grande parte com uma bicicleta emprestada, Maertens foi batido por um indiferente De Vlaemink.

Vlaemink foi o campeão de Flandres em 77 enquanto Maertens teve a segunda colocação caçada pela organização.

Para se ter uma ideia do feito de Freddy Maertens correndo com uma bicicleta emprestada de um anônimo torcedor.

Ele chegou na frente de grandes nomes como o gigante holandês Jan Rass, o senhor do tempo Francesco Moser, além, é claro, do maior de todos, Eddy Merckx.

Por Mauricio Motta

Deixe uma resposta

1
Dúvidas e informações pelo WhatsApp
Powered by